Sem categoria

Aprenda como fazer a gestão de redes sociais de maneira eficiente!

0 comments

 A internet faz parte do cotidiano de muitas pessoas. Do volume total de acessos à internet, a grande maioria deles é direcionado a redes sociais. Elas são extremamente importantes para quem quer ter um negócio bem-sucedido.

Uma boa gestão de redes sociais pode aumentar a sua popularidade e, assim, as suas vendas. Conheça agora como fazer essa gestão!

A correta gestão de redes sociais

Já dizia o saudoso apresentador Chacrinha: “Quem não se comunica, se trumbica”. Comunicar-se com o seu cliente e com clientes em potencial é essencial para a saúde de seu negócio. E as redes sociais dão uma boa incrementada nessa possibilidade, porque o relacionamento fica pessoal, direto e rápido.

Depois da construção dessa rede de contatos, é preciso manter as pessoas envolvidas sempre ativas. Dessa forma, elas não esquecem o primeiro motivo pelo qual começaram a seguir a página. O laço, portanto, deve ser reforçado continuamente para manter seus seguidores interessados e felizes. E o que permite que isso aconteça é uma correta gestão de redes sociais.

A gestão vai promover uma constante interação com e de usuários, apelar para uma participação em publicações e permitir um feedback do público que serve como base para análises. Essas atitudes vão manter sua audiência (prospects, parceiros, funcionários, fornecedores, leads, etc) ligados à marca o tempo todo.

Principais alternativas

Algumas atitudes podem ajudar a fazer essa gestão permanecer de maneira ótima e funcional.

A primeira delas é a de definir o seu público-alvo (sexo, faixa etária, cidade, interesses, etc) para criar anúncios pagos diretamente para ele. Depois, descubra a melhor forma de se comunicar com esse público, como horários em que logam na rede, tipo de mensagem que é mais atraente, entre outros.

Escutar seu cliente e observar o modo como diferentes seguidores interagem entre si (para compreender seu perfil) também é essencial. Mas fique alerta: tenha cuidado com trolls, usuários fantasmas e flames.

Trolls

Na internet, troll é uma pessoa que está buscando provocar emocionalmente membros de uma comunidade com mensagens controversas ou irrelevantes para o tema que está sendo discutido. Isso pode interromper uma troca de informações, porque o troll tira o foco do que é relevante e foca no ataque pessoal.

Para evitá-lo, existem saídas na programação computacional. Especialistas recomendam que a melhor maneira é ignorar, pois, como os trolls não querem trocar ideias ou ser convencidos, dialogar não é uma opção.

Se você prefere não ignorar, você pode manter a frieza e argumentar como se o comentador estivesse sendo respeitoso. A partir daí, é possível converter o troll em uma pessoa respeitável.

O certo é, para diminuir a chance de trolls aparecerem, evitar assuntos polêmicos em sua página. São eles que “alimentam” o troll, que pode construir uma imagem distorcida sobre quem adquire seus produtos. Um usuário que conclui que seus consumidores são preconceituosos e agressivos pode pensar o mesmo sobre a marca.

Usuários fantasmas

Um usuário fantasma é uma conta criada em uma rede social inteiramente por um bot e que é utilizada para o envio de SPAM.

É possível evitá-lo de várias maneiras. Antes de tudo, é preciso identificá-los. A partir disso, é possível bloquear a participação desse perfil em sua página e ainda denunciá-lo para a moderação da rede.

Flame em posts

Flame é uma discussão que ocorre entre usuários e em que eles utilizam linguagem de baixo calão. Ela pode ser muito prejudicial para a sua rede social, porque clientes sérios podem se assustar com o debate acalorado.

É preciso intervir nessa discussão, mas não elegendo um lado. Procure responder a comentários específicos com muita frieza, indicando referências como se fosse uma discussão sadia. Usuários que forem atraídos por esse tipo de interação vão perceber sua autoridade no assunto, e você fará do limão uma limonada.

O gerenciamento de conteúdo

Agora que já falamos da interação pessoal com os seus seguidores e entre eles, podemos focar em como gerenciar o conteúdo, que é uma relação importante com o seu público. É ele que pode gerar mais relacionamentos e que vai resultar em mais interação.

Antes da publicação

Antes de sair publicando conteúdo, é preciso planejar com muito cuidado: o que publicar, quando, com que frequência, onde, qual público e quais redes.

Só depois de estabelecer esses parâmetros é que se deve confeccionar o conteúdo para as redes sociais. Cuide para que o conteúdo seja relevante, que não se restrinja apenas ao seu produto, e que seja conciso. Se você tomar esses cuidados, o seu conteúdo vai ser bem acessado e vai haver mais interação.

Em terceiro lugar, publique, mas com adaptações bem pensadas para cada rede social em que você construiu um perfil. Cada rede tem sua linguagem, e fazer transposições automáticas de publicações de uma para outra costuma não dar certo.

Depois da publicação

A última providência de gestão é o monitoramento dos comentários e de demais interações feitas com o conteúdo.

Pedimos especial atenção aos comentários: eles são um ótimo termômetro do quanto os usuários estão engajados com o conteúdo que você postou. Além disso, possibilitam tirar dúvidas de usuários e resolver problemas imprevisíveis que porventura apareçam.

Analisando os resultados

Mais do que o resultado subjetivo de manter o laço, uma publicação também serve para material de análise da própria campanha. Com um levantamento de dados, é possível obter métricas e também identificar personas, já que o marketing digital tem resultados mensuráveis.

Terminada a campanha, é importante analisar cada publicação como um dado a ser tabulado e examinado. É possível encontrar dados quantitativos (como curtidas e compartilhamentos) e também qualitativos (níveis de influência e engajamento, imagem, etc). A partir dessas métricas, fica mais fácil diagnosticar o impacto da campanha e o que pode ser melhorado para as próximas.

Também é possível utilizar esses dados para construir personas. Com o relacionamento pessoal que só a rede social nos permite, podemos identificar diferentes tipos de personas (de grupos) com variadas expectativas e com muitas necessidades.

Aliando isso ao estudo das métricas, pode-se determinar qual é a rede social para a qual você deve dar mais atenção, porque é nela que está a maior parte de seu público.

Viu como é útil fazer a gestão de redes sociais? Coloque nossas dicas em prática, crie laços com seu cliente e aumente suas vendas agora mesmo! Aproveite para assinar nossa newsletter e ficar por dentro de muito mais!

Veja também:

Leave a Comment